domingo, 8 de junho de 2008

O Euro visto da Polónia - 2

Se a Polónia sempre teve motivos para lamentar a opção de Podolski em se naturalizar alemão, neste domingo teve dois motivos para aumentar ainda mais a tristeza com a escolha do atacante. O jogador do Bayern de Munique fez dois golos no seu 50º jogo pela Mannschaft, golos que respeitosamente não festejou, e deu aos germânicos a vitória por 2 a 0 na estréia das equipas no Euro.

Eu até tinha uma fé secreta na "zebra" e imaginava uma segunda-feira de sorrisos se a Polónia ganhásse o jogo mas a diferença entre as duas equipas é enorme e os alemães não deram hipóteses aos bravos mas inócuos polacos.

Vi o jogo num écran gigante montado em Pole Mokotowskie, um dos parques de Varsóvia, rodeado de polacos entusiastas e ruidosos. Notei que, comparados conosco, eles prestam menos atenção às incidências do jogo preferindo puxarem uns pelos outros com cânticos e cerveja. Vi muitos de costas voltadas para o écran incentivando os outros espectadores como se a verdadeira razão daquele ajuntamento de pessoas fosse a cantoria e não a bola.

Duas grandes barracas da defensiva polaca destruiram o sonho deste país, ainda não foi desta que a Polónia ganhou à Alemanha em futebol. Ao menos o Kubica triunfou no Canadá, a sua primeira vitória da carreira.

Nem só de bola vivem os polacos, ainda bem para eles.

1 comentário:

Zé da Bola disse...

A vitória do Kubica foi incontestável. Ele venceu contra o Nik Heidfeld um alemão. Foi um momento de júbilo para a Polónia e agora ele lidera e muita bem o campeonato de Formula. Fazia falta um pouco de pimenta neste campeonato de F1.
Quanto ao futebol em si... há que lamentar mas já esperava uma vitória Alemã... só não esperava ver o Podolski marcar e o Klose assistir..