sábado, 8 de novembro de 2008

É muito jogo!

Tanto insisti que consegui regressar às balizas, agora posso contar aos meus netos que o avô deles "jogou no estrangeiro". Ainda não é num campeonato nacional ou distrital como pretendo, talvez para o ano, mas numa liga para empresas da cidade de Varsóvia. Um torneio disputado em fases de grupos com play-offs de acesso às finais e para determinar as posições mais baixas da classificação. É um campeonato organizado a sério e que se disputa em relvados sintéticos de muito boa qualidade.

Há semanas atrás fui convidado para fazer parte duma equipa e jogar um amigável num dos campos sintéticos do complexo desportivo. Fiquei muito bem impressionado com o piso e qualidade das estruturas mas mordi a língua ao imaginar-me a cair naquele terreno que deverá estar gelado nos meses fortes do Inverno. Passaram-se dias e regressei à Warszawianka para disputar a primeira partida do torneio. Saco cheio de camisolas e calções, alguns 2 pares de meias, gorro e o diabo a quatro para o que desse e viés26102008(002)se. Saí do balneário em direcção ao campo para aquecer e no lugar em que eu tinha visto os sintéticos descobertos encontro uma tenda gigantesca que cobre ambos os campos.

Uma estrutura que mantém a temperatura a níveis muito agradáveis no interior, protege os intervenientes do vento, chuva ou da neve que cairá em breve, causando uma atmosfera bem mais acolhedora a jogadores e público. Uma agradável surpresa e uma obra de feliz resultado que eu não esperava ver nesta terra. Inspirado por nunca ter jogado num Silverdome deste calibre, engatei e fiz uma joga fixe contribuíndo para a primeira de muitas vitórias - espero - da minha equipa. E nem foi preciso muita roupa.

Comparando com a do Liceu? Esta relva dá 10 a 0 q:D

3 comentários:

Ricardo Taipa disse...

Admiro-te por duas coisas... :)

Uma por gostares de futebol e outra por jogares o dito.

Sempre fui um grande preguiça em relação a desportos, no secundário consegui convencer uma médica a diagnosticar-me uma patologia arterio-articular de modo a que não fizesse ginástica... agora ando a praticar Tai Chi e até gosto mas não nos mexemos muito de qualquer modo... LOL

João Tavares disse...

eu sempre fui e serei um grande fã de futebol! mais particularmente futsal, apesar de infelizmente agora não ter tempo para praticar como antes mas o bichinho fica sempre :D :D também gosto de desportos mais radicais! como surf, kitesurf downhill e mais recentemente ski freestyle (graças ao irmão da minha namorada) :D

bruno claudio disse...

a tenda está muita porreira e o sintetico bem tratado. tambem é aqui que tenho distribuido fruta pelos polacos. a tactica do costume, 2 porradoes a abrir o jogo daqueles que se ouvem até no topo do palac kultury só para meter respeitinho, um simpático seu filha da put.. tá calado ou levas um murro nesses cornos, tocas outravez na bola parto-te todo ó cabrao, umas meiguinhas cotoveladas e mais uns xiuu pelo meio e do outro lado o costume confuso comentario "Co?"
Decidi voltar á posiçao de patrao da defesa, já estava farto de perder nesta equipa de ingleses e polacos. agora o patrao é tuga e mais nada!!
comentario do arbitro no final do jogo - por gostar deste rapaz é que nao o expulsei.. ou seja lá o que isso quer dizer..

mas o que interessa é que as condiçoes para jogar á bola sao de grande nivel, e em jeito de recado para as flores tatuadas da selecçao, estes polacos cagam-se todos quando um gajo joga rijinho com eles tambem, ok cristianinho parolo? peito aberto e sem medinho.